Com a presença de 107 deputados (após a incorporação de dois deputados do Grande Pólo Patriótico), o presidente da Assembleia Nacional, Omar Barboza, anunciou a existência de méritos suficientes e autoriza a continuação do processo judicial ao presidente Nicolás Maduro.

También puedes leer: Popularidade do seu nome na Argentina

Os oponentes concordaram pela maioria em declarar que “há méritos suficientes para continuar o processo judicial que, devido a atos de corrupção, é seguido por Nicolás Maduro Moros”.


Após duas horas da sessão e a solicitação de dois deputados da oposição para verificar a comparência de maneira nominal, o secretário do AN Negal Morales, efetuou a verificação e votação dos deputados assistentes por estado, o que resultou em 105 votos para favor e dois contra.

Eles foram concedidos mais de sete direitos de expressão após a incorporação de dois deputados do partido no poder: Juan Marín e Ilenia Medina.

Visitas:




Loading...

Com a presença de 107 deputados (após a incorporação de dois deputados do Grande Pólo Patriótico), o presidente da Assembleia Nacional, Omar Barboza, anunciou a…